Santana Lopes tem 4 milhões para mudar publicidade da Santa Casa

16/02/2013  


É um dos concursos mais apetecíveis na área da publicidade: os Jogos Santa Casa. Para criar a publicidade das lotarias, raspadinhas, Totoloto, Totobola e Euromilhões, a Santa Casa da Misericórdia, instituição onde Pedro Santana Lopes é o provedor, tem um orçamento de 4,15 milhões de euros.

É este o valor que consta do concurso público lançado pela instituição a 27 de julho do ano passado. Um montante substancialmente mais elevado do que os 500 mil euros de outro dos concursos públicos mais concorridos: o da CP – Comboios de Portugal, ao qual se candidataram 13 agências.

No caso da publicidade dos Jogos Santa Casa pelo menos mais de uma dezena de agências candidataram-se a esta conta, atualmente a ser trabalhada pela BBDO Lisboa. O Dinheiro Vivo sabe que já foram encontradas as onze agências que preenchem os requisitos do concurso público. Terão passado no crivo do concurso a Ativism + Bottomline + Action 4; a BBDO Lisboa (a agência dos Jogos Santa Casa); a Brandia Central; a DDB Lisboa (que trabalha a comunicação institucional da Santa Casa); a Draft FCB; a Fuel; a Havas Worldwide; a JWT + Publimeios; a McCann; a Ogilvy & Mather e a TBWA Lisboa.

Entre os vários requisitos, a Santa Casa exige que as agências apresentem, entre 2008 e 2010, uma faturação anual igual ou superior a três milhões de euros e reúnam uma equipa criativa constituída por um diretor criativo, um diretor de arte, dois designers gráficos e um copywriter. Ser a “proposta economicamente mais vantajosa” é um dos critérios de escolha da agência com a qual a Santa Casa de Misericórdia irá estabelecer um contrato de um ano.

 

See it on Scoop.it, via IND
 
Facebook | Condições gerais de venda | Pagamento e envio | Aos preços indicados acresce IVA à taxa legal em vigor.
 
© IND - Soluções de Sinalização 2011. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Datasuporte, Lda.